Quando você começar a executar, intensifica naquilo que funciona.

O que isso significa?
Por exemplo, você começou a aprender sobre “Ações musculares e amplitude de movimento”. E aí o que acontece, antes de você procurar um outro “rabo de saia”, de tática para implementar, fica bom naquilo!
Porque a maioria das pessoas tem resultado mediano em uma coisa, aí vê uma outra estratégia , muito louca, “boladona” e para de fazer o que está fazendo e vai para outra estratégia. “Meu deus , se isso funcionou tão bem, imagina o que tem no mundo que funciona de variável de treinamento.” E eu passei anos buscando novas formas de treino (SST, FST-7 e GVT) procurando tudo quanto é técnica.
Lembro que tinha preparações que ficava utilizando várias técnicas no mesmo exercício e no mesmo treino e todo dia buscava uma forma diferente de realizar todas elas ao mesmo tempo mas, nenhuma delas funcionou tão bem quanto o básico, bem executado!
Agora, não sei te falar se não funcionou tão bem porque eu não intensifiquei como deveria mas , o fato é que realmente não funcionou.
O meu treino começou produzir o resultado que eu queria quando comecei a pensar assim: Puta merda, esse é o estímulo que funciona pra mim, eu vou ficar muito bom nele, no básico (Qualidade da execução, contração, controle e estabilização do movimento) porque eu ainda acredito que, quando se trata de treinamento, o básico traz muito resultado.
A longo prazo o básico te torna consistente naquilo que você faz e , a consistência é executar o que tem que ser feito , muito bem feito, pelo maior tempo possível.
Então escolhe o seu método de treino, não necessariamente precisa ser o básico, pode ser o que você quiser, SST, FST-7, GVT mas antes de iniciar qualquer tipo de treinamento avançado tente realizar o básico bem feito!
Mas escolhe um método e fica nele pelo menos umas 8 – 12 semanas.
Não se esqueça de buscar o auxílio de um profissional da área.

author image

Sobre o autor: Ítalo Ridney

2x Campeão Brasiliense, 2x Campeão Brasileiro e Campeão do Arnold Classic Brasil 2016. IFBB Pro Bodybuilder

Publicações relacionadas...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *